Tomografia computadorizada da Órbita: anatomia

Esta página apresenta as estruturas anatômicas encontradas em órbita CT.

Coronal view - Axial view

Image 1. Tomografia computadorizada da Órbita. Reconstrução coronal.
1, Ducto Nasolacrimal. 2, Globo ocular. 3, Seio frontal. 4, Osso frontal. 5, Osso zigomático.
Scanner des orbites. Image 1
  • Image 1. Tomografia computadorizada da Órbita. Reconstrução coronal.
    1, Ducto Nasolacrimal. 2, Globo ocular. 3, Seio frontal. 4, Osso frontal. 5, Osso zigomático.
  • Image 2. Tomografia computadorizada da Órbita. Reconstrução coronal.
    1, Ducto Nasolacrimal. 2, Globo ocular. 3, Seio frontal. 4, Lâmina papirácea do etmóide. 5, Infraorbital canal.
  • Image 3. Tomografia computadorizada da Órbita. Reconstrução coronal.
    1, Seio maxilar. 2, Lâmina papirácea do etmóide. 3, Crista galli. 4, Osso e seio frontal. 5, Osso zigomático.
  • Image 4. Tomografia computadorizada da Órbita. Reconstrução coronal.
    1, Osso e seio maxilar. 2, Lâmina papirácea do etmóide. 3, Placa cribriforme (etmóide)). 4, Osso e seio frontal. 5, Osso zigomático. 6, Corneto inferior.
  • Image 5. Tomografia computadorizada da Órbita. Reconstrução coronal.
    1, Seio maxilar. 2, Osso maxilar. 3, Osso zigomático. 4, Osso frontal. 5, Lâmina papirácea do etmóide. 6, Arco zigomático.
  • Image 6. Tomografia computadorizada da Órbita. Reconstrução coronal.
    1, Arco zigomático. 2, Osso zigomático. 3, Osso frontal.4, Fissura orbital inferior.
  • Image 7. Tomografia computadorizada da Órbita. Reconstrução coronal.
    1, Seio maxilar. 2, Arco zigomático. 3, Fissura orbital inferior. 4, Osso zigomático. 5, Osso frontal. 6, Lâmina papirácea do etmóide. 7, Osso maxilar.
  • Image 8. Tomografia computadorizada da Órbita. Reconstrução coronal.
    1, Seio maxilar. 2, Arco zigomático. 3, Osso zigomático. 4, Osso frontal. 5, Mandíbula.
  • Image 9. Tomografia computadorizada da Órbita. Reconstrução axial.
    1, Asa maior do esfenóide. 2, Osso zigomático. 3, Osso frontal.
  • Image 10. Tomografia computadorizada da Órbita. Reconstrução axial.
    1, Canal óptico. 2, Asa maior do esfenóide. 3, Osso zigomático. 4, Osso frontal.
  • Image 11. Tomografia computadorizada da Órbita. Reconstrução axial.
    1, Sella turcica. 2, Fissura orbital superior. 3, Asa maior do esfenóide. 4, Osso zigomático. 5, Lâmina papirácea do etmóide. 6, Células etmoidais.
  • Image 12. Tomografia computadorizada da Órbita. Reconstrução axial.
    1, Fissura orbital superior. 2, Nervo óptico. 3, Músculo reto medial. 4, Lâmina papirácea do etmóide.
  • Image 13. Tomografia computadorizada da Órbita. Reconstrução axial.
    1, Fissura orbital superior. 2, Osso zigomático. 3, Globo ocular. 4, Asa maior do esfenóide. 5, Dorsum sellae.
  • Image 14. Tomografia computadorizada da Órbita. Reconstrução axial.
    1, Osso esfenóide. 2, Fissura orbital superior. 3, Sphenotemporal suture. 4, Sphenozygomatic suture. 5, Lâmina papirácea do etmóide. 6, Seio esfenoidal.
  • Image 15. Tomografia computadorizada da Órbita. Reconstrução axial.
    1, Osso esfenóide. 2, Osso lacrimal. 3, Osso nasal. 4, Fissura orbital superior.
  • Image 16. Tomografia computadorizada da Órbita. Reconstrução axial.
    1, Seio esfenoidal. 2, Células etmoidais. 3, Canal carótida.
  • Image 17 of 17. Tomografia computadorizada da Órbita. Reconstrução axial.
    1, Forame redondo. 2, Osso zigomático. 3, Osso maxilar. 4, Osso nasal. 5, Fissura orbital inferior. 6, Seio esfenoidal.

órbita óssea

Parede lateral da órbita:
Processo orbital do osso frontal (Parte anterior superior)
Processo orbital do osso zigomátic (Porção anterior inferior)
Osso esfenóide (Porção póstero-medial)

Parede medial da órbita:
Asa maior do esfenóide(Porção posterior)
Osso ethmoide (planum), atrás do osso lacrimal
Osso lacrimal (Parte anterior superior, atrás do frontal processus do osso maxilar)
Osso maxilar (Porção anterior inferior)
Osso esfenóide.

Teto da órbita:
Processo orbital do osso frontal (Parte anterior superior)
Asa menor do esfenóide (Porção póstero-medial)

Parede inferior da órbita:
Processo orbital do osso frontal
Processo orbital do osso zigomátic.
Osso esfenóide.

Fissura orbital superior situa-se entre asas menor e maior do esfenóide. Essa fissura permite a passagem para os nervos III, IV, VI, ramos de V(1) e a veia oftálmica.

Fissura orbital inferior situa-se entre maior do esfenóide, processo orbital do osso maxilar,e, lateralmente, osso zigomático. Essa fissura permite a passagem para os nervos the V (2) bem como veias oftálmicas.

Forame infraorbital (Osso maxilar): nervo infraorbital (V2)

Forame redondo : V2, segmento proximal

Reference:

• Harnsberger HR, Osborn AG, Ross JS, Moore KR, Salzman KL, Carrasco CR, Halmiton BE, Davidson HC, Wiggins RH. Diagnostic and Surgical Imaging Anatomy: Brain, Head and Neck, Spine. 3rd ed. Salt Lake City, Utah. Amirsys. 2007.
• Bourjat P, Veillon F. Imagerie radiologique tête et cou. Paris, Vigot. 1995.
• Gouazé A, Baumann JA, Dhem A. Sobota. Atlas d'Anatomie humaine. Tome 3. Système nerveux central, système nerveux autonome, organe des sens et peau, vaisseaux et nerfs périphériques. 1er éd. Paris, Maloine. 1977.
• Kahle W, Cabrol C. Anatomie. Tome 3: Système nnerveux et organe des sens. 1er éd. Paris, Flammarion. 1979.

EnglishFrançais